Em: 28 de janeiro de 2019 as 12:55

Investimento em saúde por habitante de Ipanguaçu cresce e supera anos anteriores

A cada estatística divulgada, o município de Ipanguaçu se destaca positivamente no cenário da região quando o assunto é saúde pública. Esta semana, o Conselho Federal de Medicina divulgou o ranking dos municípios em relação a investimentos por habitante no ano de 2017, e a cidade superou de forma arrebatadora os índices de anos anteriores.

No município, durante a gestão do prefeito Valderedo, o compromisso de vida com a população ipanguaçuense está em primeiro lugar. A gestão têm avançado na saúde, otimizando os custos, mas preservando a garantia da excelência na prestação de serviços.

Os dados divulgados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), mostram que a gestão municipal investiu R$ 346,90 em recursos próprios por habitante na área da saúde, no ano de 2017. O valor é aproximadamente 67% maior que o gasto pelo município no ano de 2016.

Além disso, o aumento de recursos próprios destinados à Saúde também coloca Ipanguaçu em patamar semelhante ou de destaque comparado a cidades da região como: Assú (R$ 280,62); Angicos (R$ 190,03); Afonso Bezerra (R$ 347,36); Carnaubais (R$ 403,81) e São Rafael (R$ 304,81).

O levantamento do Conselho Federal de Medicina apontou ainda que cerca de 2.800 municípios brasileiros gastaram menos de R$ 403,37 na saúde de cada habitante durante todo o ano de 2017. Segundo a análise do CFM sobre as contas da saúde, esse foi o valor médio aplicado pelos gestores municipais com recursos próprios em Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS), declaradas no Sistema de Informações sobre os Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), do Ministério da Saúde.

Fonte: Núcleo de Comunicação – Prefeitura de Ipanguaçu

Últimas manchetes